AdSense

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Filhotes de Gente e Animais

Gente!
Sabemos que bebês precisam de muito sono, pois estão chegando ao nosso mundo e ao futuro mundo deles!
Estas fotos que você vai ver abaixo são absolutamente comoventes, pois não são só "nossos" filhotes que dormem muito, mas também de nossos "melhores amigos", neste caso um filhote de boxer.
Mais bonito ainda quando dormem juntos, em harmonia!!!

Vejam Isto:




Mãe de três filhos, Jessica Shyba fotografa filho dormindo com seu filhote de boxer – misturado com shepherd e labrador. Depois de adotar o filhotinho, Shyba começou a notar a fixação do pequeno cachorro com cada membro da família, especialmente com seu filho mais novo de 23 meses de idade. O filhote adora dormir ao lado dele durante os cochilos da tarde.


Apenas três dias depois de levar o pequeno Theo para casa, com 7 semanas de idade, o filhote adormeceu em cima de Beau quando Shyba estava balançando-o para um cochilo à tarde. Este encontro casual se transformou em um ato recorrente.

No dia seguinte, Theo nos encontrou no meu quarto para a hora do cochilo, e assim começou o que eu só posso descrever como a mais orgânica e bela amizade que eu já testemunhei.

Desde então, os dois foram cochilando juntos todos os dias por duas horas.

















































Fonte: http://somentecoisaslegais.com.br
Texto Inicial: Autoria própria

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Como Cabras Escalam Árvores?



Provavelmente, você já deve ter visto por aí, imagens de cabras em cima de árvores ou escalando paredões que dariam inveja a qualquer ser humano com espírito aventureiro. O motivo para realizar tais proezas é bem simples: conseguir alimentos.



É o caso das famosas cabras que vivem em áreas de deserto no Marrocos. Lá, é possível observar grupos inteiros desses animais em cima de uma única árvore de argan. Com tronco retorcido e galhos espinhosos, a planta produz um fruto com sabor e cheiro delicioso para as cabras. E como em climas desertos nem sempre é fácil encontrar alimentos no chão, esses mamíferos partem para o topo das árvores, que podem chegar a nove metros de altura.

Já na Itália, cabras selvagens chamaram a atenção ao aparecerem escalando um paredão de 50 metros de altura no lago Cingino, em busca de sais, musgos e flores para se alimentar. Outra espécie que chama a atenção são as cabras-antílopes, que vivem em lugares altos da América do Norte. Além da escalada, elas conseguem dar saltos de mais de três metros de distância.



Segundo Andrea Bueno Ribeiro, professora do curso de medicina veterinária da FMU, a explicação para essa habilidade é que as cabras, de qualquer raça, tem a capacidade de se alimentar em posição bipedal, ou seja, conseguem se equilibrar sobre dois pés. "Elas possuem a capacidade de escalar montanhas íngremes e subir em árvores principalmente quando tentam alcançar um alimento desejado, como frutos e folhas".

E em se tratando de alimentos, embora as cabras possuam grande habilidade de digerir forragens em geral, como o capim, elas são muito seletivas e preferem plantas com folhas largas. Seus lábios apresentam grande mobilidade, o que facilita a obtenção do alimento desejado. Essa "seletividade" pode ser uma outra explicação para serem bichos tão destemidos.

Além disso, a anatomia das patas contribui para o equilíbrio. Diferente dos cavalos, por exemplo, o casco da cabra possui uma divisão -- o que fica semelhante a dois dedos -- e um formato que aumenta a resistência, proporciona tração e se adapta em terrenos irregulares. Os "dedos" se mexem de forma independente e também se adaptam conforme o solo. Animais com essa fenda no casco são conhecidos como biungulados.


Embora todas as espécies tenham a capacidade de subir em árvores, nem todas conseguem. "Se a raça for pesada, não conseguirão subir por causa do peso corporal. Cabras gestantes também não sobem porque são pesadas. Já animais criados em confinamento não aprendem a subir", explica Aurora Gouveia, professora do curso de veterinária da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e presidente da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Minas Gerais.
Cabras brasileiras

"Subir em árvores é uma característica regional e os animais aprendem isso para buscar alimentos", diz a professora Aurora que relata que, mesmo sendo raro, já ouviu relatos de "cabras-escaladoras", todas no Nordeste. "Mas nunca nada semelhante ao que vemos no Marrocos".
Curiosidades

As cabras são conhecidas por serem animais muito curiosos, espertos e nada medrosos. Elas se parecem com as ovelhas, mas podem ser facilmente diferenciadas pela posição da cauda. Cabras têm cauda curta e direcionada para cima e ovelhas para baixo e longas.


O bode exala um cheiro bem forte e característico para atrair a fêmea. Mas em locais onde é produzido leite, os machos são criados bem longe do local da ordenha, justamente para que o cheiro não entre com contato com o produto.


Fonte: Uol Ciências

sábado, 21 de novembro de 2015

Fatos Estranhos na Gravidez

A gravidez é um dos momentos mais importantes na vida um casal. 
Durante a gravidez a mulher se sente mais frágil e pede mais atenção e carinho por parte dos familiares. 
Além dos tradicionais enjoos, as futuras mamães também passam por situações de desconforto e muita insegurança. 
Conheça agora alguns fatos estranhos relacionados a gravidez:





- Bebês cabeludos causam acidez no estômago


Será que aquela acidez no estômago durante a gestação quer dizer que seu bebê nascerá cabeludo? Um grupo de estudos composto por médicos da Instituição Médica Johns Hopkins, em Baltimore, Estados Unidos, descobriu que mulheres que sofreram de azia moderada ou severa durante a gestação tiveram mesmo bebês com mais cabelos. Parece haver uma associação entre azia severa durante a gravidez e a fartura do cabelo do bebê.

- Algumas mulheres podem ficar grávidas por mais de 9 meses


Segundo registros do ano de 1945, uma mulher chamada Beulah Hunter, de 25 anos, deu à luz em um hospital em Los Angeles. O acontecimento se tornava marcante por um motivo um tanto estranho: Penny Diana, sua filha, nascia não mais nem menos que 375 dias após ter sido concebida.

- Fetos do sexo masculino podem ter ereções no útero


Esse é estranho. A maioria das mães não gosta de pensar nos seus filhos tendo ereções nem mesmo quando adolescentes, mas o fato é que o bebê começa a ter ereções ainda dentro do útero. Os cientistas afirmam que os bebês de ambos os sexos se masturbam no útero, mas os meninos são os únicos que podem ser “pegos no ato” na ecografia.

– A vagina pode precisar de muitos pontos após o parto


Com certeza, esse é um lugar em que nenhuma mulher gostaria de levar pontos cirúrgicos. Nove em cada dez mulheres têm algum tipo de rasgo vaginal após o nascimento de seu filho. Há muitos graus de ruptura. Alguns rasgos só exigem um pouco de cuidado ou alguns pontos, mas os casos realmente ruins vão da vagina ao ânus. Alguns podem até mesmo afetar os músculos além do ânus. Mas esse caso é raro e afeta apenas uma em cada cem mães.

– As mulheres podem acabar defecando durante o parto


Durante o parto, é extremamente comum que uma mulher acidentalmente expulse o “conteúdo” do seu corpo. Há uma boa razão para isso: os músculos que se usa para empurrar o bebê para fora são os mesmos que normalmente são usados durante uma evacuação. Como se isso não fosse suficiente, o bebê diretamente empurra o reto quando está nascendo, ajudando a espremer qualquer coisa perto dessa saída. Hoje em dia, os médicos e enfermeiros estão prontos para ajudar a limpar essa bagunça. Na maioria dos casos, eles nem sequer avisam a paciente, para que ela não saiba a diferença.

– O pai também pode ter sintomas de gravidez


É surpreendentemente comum que um futuro pai comece a ganhar peso, ter enjôo matinal ou até sentir dores em seu abdômen inferior. A condição é conhecida como Síndrome de Couvade, que vem da palavra francesa “couvee” que significa “chocar”.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Google Maps Localiza Carro Afundado em Lagoa

O Dono Estava Morto Dentro do Carro




Um mistério de nove anos parece ter sido solucionado em uma cidade dos EUA, e a resposta esteve disponível por anos no Google Maps.

Davie Lee Niles sumiu em 2006, e desde então a polícia buscava seu paradeiro. Na semana passada, um rapaz estava em um elevador instalando enfeites de Natal quando percebeu algo que parecia um carro dentro de um lago. Ele avisou as autoridades, que foram até o local retirar o objeto de dentro da água.

Era realmente um carro, e dentro dele estava um esqueleto que a polícia acredita ser de Niles, que tinha 72 anos na época e foi visto pela última vez em um bar a menos de 1 km do lago. O carro realmente é o que pertencia a Niles, e as autoridades encontraram uma carteira com seus documentos – no entanto, eles preferem não se apressar em confirmar que de fato se trata de Niles, e uma autópsia será feita para ter certeza.

O Google Earth permite ver imagens antigas de satélite, e nele é possível notar que o carro já aparecia em 2011:

carro google maps


Durante esse tempo inteiro, como a água do lago é bastante escura e suja, ninguém notou a presença do carro. Mas ele aparece no Google Maps, como mostra a imagem acima capturada pelo Jalopnik. 

Em 2013, no entanto, as águas estavam tão turvas que o carro não era mais visível:

carro google maps 2

A família de Niles se diz feliz por enfim saber o destino do homem, que recebeu um funeral e obituário em 2011 mesmo sem que soubessem o que aconteceu com ele.


Fonte:  [WOOD-TV via Jalopnik] e msn.com

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Fatos Esdrúxulos

Coisas que ninguém poderia imaginar que acontecem, mas são possíveis!
Vejam alguns:

– Homens podem amamentar



O fenômeno da lactação masculina nos seres humanos tornou-se mais comum em anos recentes devido ao uso dos medicamentos que estimulam as glândulas mamárias do homem.

A lactação é causada, em geral, pelos tratamentos hormonais feitos por homens que sofrem de câncer de próstata. Assim como para mulheres, é possível induzir a lactação com massagem constante (simular o sugamento) do mamilo por um período de tempo.

-  Uma bomba pode fazer com que vire gay.



A Bomba Gay é um nome informal para uma arma química com potencial não letal, que um laboratório de pesquisa da força aérea dos EUA tentou produzir (ou produziu, não sabemos….).

Em uma parte do documento oficial sugere-se jogar um forte afrodisíaco nas tropas inimigas, de preferência uma que cause também o comportamento homossexual imediato e incontrolável. O que eles queriam com a bomba, ninguém sabe ao certo, muito menos, quais seriam os resultados se tocassem isso no meio da guerra.

– Rir demasiadamente pode te matar



A Hilaridade Fatal é a morte em conseqüência de muito riso. No terceiro século A.C. o filósofo grego Chrysippus morreu, literalmente, de tanto rir após ter visto um asno comendo figos (Não sei qual é a graça!).

Em 24 março de 1975 Alex Mitchell, um pedreiro britânico de cinqüenta anos morreu de rir ao ver episódio dos The Goodies. De acordo com sua esposa, Mitchell era incapaz de parar de rir enquanto via um episódio da série onde um personagem vestido com um “kilt Escocês” usava a gaita de fole para se defender de um pudim preto psicopático. Após vinte e cinco minutos de riso contínuo Mitchell caiu no sofá com um enfarto fulminante. A viúva, depois de um tempo, enviou uma carta aos produtores do The Goodies agradecendo por ter dados momentos finais agradáveis ao marido.

– Você pode hipnotizar galinhas



Uma galinha pode ser hipnotizada, ou colocada em transe, prendendo-se sua cabeça de encontro ao chão, enquanto isso faça um risco com uma vara ou com o próprio dedo ou ainda com um pedaço de giz, começando em seu bico e estendendo em linha reta para frente.
Depois de hipnotizada, assim ela permanecerá de quinze segundos a trinta minutos olhando fixamente a linha.

– O Tomaco de Bart Simpson (meio tomate, meio tabaco) é possível.



Um tomaco é originalmente uma fruta híbrida ficcional, meio tomate e meio tabaco, do episódio 1999 dos Simpsons. O método usado para criar o tomaco no episódio é ficcional.


O tomaco tornou-se real quando foi alegadamente produzido em 2003. Inspirado pelos Simpsons, um agricultor do Oregon, enxertou com sucesso um pé de tomate nas raízes de uma pé de tabaco. Isso só foi possível porque ambas as plantas vêm da mesma família.


Fonte: Ah Duvido